"> Pais que se envolvem, promovem sucesso na educação ⋆ Revista Império

Pais que se envolvem, promovem sucesso na educação

Pais que se envolvem, promovem sucesso na educação

“Pilar” é definido como uma qualidade ou característica importante na qual uma coisa específica depende ou se baseia. É isso que o envolvimento dos pais na educação é para a educação de uma criança – uma pedra angular.

Pesquisas provaram que os pais envolvidos na educação de seus filhos são o melhor indicador do sucesso do aluno.

Isso é incrível! Escrevemos esta matéria para descobrirmos exatamente como o envolvimento dos pais afeta a educação ao incentivar os pais de todos os lugares a se envolverem.

O que é o envolvimento dos pais na educação das crianças?

Para alguns pais, estar envolvido significa deixar a escola ou buscar seus filhos na escola ou perguntar se os deveres de casa estão completos. Isso não quer dizer que essas coisas sejam negativas ou inúteis.

Mas a psicologia pede algo mais – uma responsabilidade compartilhada: “Pais e funcionários da escola trabalhando juntos para apoiar e melhorar o aprendizado, no desenvolvimento e na saúde de crianças e adolescentes”.

No contexto da educação das crianças e o envolvimento dos pais é um termo amplo que pode assumir várias formas, dentro e fora da escola. Então, qual o papel dos pais na educação?

Dependendo dos horários, os pais podem ajudar seus filhos participando das funções ou obrigações da escola, advogando pela escola e melhorando o trabalho escolar de seus filhos. Por exemplo:

Atividades em casa Atividades escolares
  • Ajudando com a lição de casa
  • Modelando o comportamento desejado
  • Fornecer incentivo contínuo
  • Monitorando a conclusão da lição de casa
  • Criando tempo e espaço para estudo
  • Comunicação com os professores
  • Voluntariado para atividades escolares
  • Participar de conferências de pais e professores
  • Ajudando na governança de um conselho escolar
  • Cuidando do prédio e do patrimônio escolar

Qual a importância do envolvimento dos pais na educação?

Em 1992, a educadora Armendia Dixon escreveu: “O envolvimento dos pais, em quase todas as formas, produz ganhos mensuráveis ​​no desempenho dos alunos”. E isso é verdade hoje.

Enfim, os dois tipos de atividades descritos acima são cruciais. No entanto, pesquisas mostram que o desempenho acadêmico dos alunos e a presença de atividades domésticas estão mais intimamente ligados do que atividades escolares.

Além disso, os alunos com pais envolvidos obtém melhor sucesso acadêmico, independentemente da renda ou do histórico. Isso significa que os pais devem ser especialmente intencionais em se envolver na educação de seus filhos. Aqui está o porquê.

Benefícios do envolvimento dos pais na educação

O envolvimento na educação de seu filho pode ajudá-lo a:

1. Ganhe notas mais altas e notas nos testes

Quanto mais forte a relação entre o envolvimento dos pais e a educação das crianças, maior a probabilidade de as crianças obterem melhores notas e obterem notas mais altas nos testes.

Evidências: Um estudo de 71 escolas primárias do Título I com o objetivo de melhorar as habilidades acadêmicas dos estudantes de baixa renda é um exemplo perfeito. Quando os professores se encontraram cara a cara com os pais, enviaram materiais úteis para casa ou discutiram as áreas problemáticas da criança por telefone, as realizações das crianças em leitura e matemática melhoraram.

2. Passe nas aulas e ganhe créditos

Quando os pais estão envolvidos na educação – em casa e na escola – os filhos tendem a obter notas mais altas e a passar de uma série para a seguinte.

Evidência: Após analisar 700 entrevistas com os pais, os pesquisadores foi descoberto que, as crianças da 1ª à 8ª série, cujos pais participaram de mais atividades, obtiveram notas mais altas, passaram menos tempo na educação especial e passaram mais notas. Essas descobertas ocorreram em todos os contextos familiares.

3. Reduza o absenteísmo

 

De acordo com a Harvard Graduate School of Education, muitos pais 1) não entendem completamente as consequências da falta de escola e 2) tendem a subestimar o número de dias de aula que seu filho perdeu. Como o absenteísmo pode prejudicar o desempenho acadêmico imediato e futuro das crianças, é importante que os pais se envolvam e tomem consciência de quanto os filhos faltam à escola.

Evidências: Pesquisadores de políticas educacionais Carly Robinson e Minoca Lee e os psicólogos Eric Dearing e Todd Rogers conduziram um estudo de 10.900 famílias em que as escolas enviaram para casa seis lembretes sobre a importância da participação durante o ano. Os resultados mostraram que os alunos das 6.500 famílias que receberam lembretes perderam 8% menos dias de aula. Surpreendentemente, as correspondências para famílias com menor frequência corresponderam a uma redução de 15% no absenteísmo crônico.

4. Melhorar habilidades sociais, comportamento e adaptabilidade

Estudo após estudo, aponta para a ideia de que o envolvimento dos pais na educação tem efeitos fortes e positivos no comportamento das crianças na sala de aula e melhora nas habilidades sociais.

Evidência: Em uma análise ampla, a organização sem fins lucrativos Education Northwest descobriu que o envolvimento dos pais leva a melhorias nas atitudes dos alunos e no comportamento social. O estudo afirmou, geralmente, “o envolvimento ativo dos pais é mais benéfico do que o envolvimento passivo, mas as formas passivas de envolvimento são melhores do que nenhum envolvimento”.

5. Formar e cursar o ensino superior

Além dos benefícios acima, mais de 45 anos de pesquisa mostraram consistentemente que o envolvimento dos pais na educação contribui para as taxas de graduação – independentemente de renda, raça ou etnia.

Evidência: Vários estudos como este descobriram que, quando os pais estão envolvidos na educação dos filhos, as taxas de sucesso escolar aumentam. O sucesso escolar, nesse caso, inclui menos alunos retidos nos níveis de ensino, menores taxas de evasão escolar, taxas mais altas de conclusão do ensino médio e mais participação em cursos avançados.

Como se envolver na educação do seu filho (10 dicas simples)

1. Aprenda juntos

Para uma criança, não há nada pior do que fazer a lição de casa sozinha, sabendo que seus amigos estão se divertindo. Sentar-se com seu filho durante a lição de casa pode transformar algo “chato” em uma experiência de união.

Além de facilitar a concentração, você e seu filho podem trabalhar juntos e resolver problemas juntos!

2. Ajuste sua atitude

Quer eles saibam ou não, você provavelmente é a pessoa mais influente na vida de seu filho. É por isso que é tão importante ter uma atitude positiva em relação à escola e ao aprendizado em geral.

Como destacamos em nosso guia para superar a ansiedade matemática, por exemplo: “Se os pais expressam regularmente atitudes negativas sobre matemática, as crianças podem crescer acreditando que a habilidade matemática é inata e o sucesso está ligado à superdotação”.

3. Tornar as atividades diárias educativas

Só porque a escola terminou, não significa que o aprendizado precise parar! Tudo o que você faz pode ser educativo sem parecer trabalho escolar.

Por exemplo: reforçando os conceitos matemáticos enquanto assa, aprendendo sobre ciência enquanto brinca do lado de fora ou projetando estruturas fortes do Lego.

4. Tente atividades suplementares

Preste atenção ao estilo de aprendizagem de seu filho – eles lutam com as tarefas tradicionais de lápis e papel? Eles aprendem melhor com atividades práticas ou baseadas em jogos? Se, por exemplo, você tem um filho que luta com matemática, tente transformá-lo em algo divertido – porque pode ser!

Prodigy – um jogo de matemática gratuito, alinhado ao currículo e baseado em fantasia, usado por mais de um milhão de professores, três milhões de pais e 50 milhões de estudantes em todo o mundo – é um exemplo. À medida que os jogadores competem em duelos matemáticos contra os personagens do jogo, ele empresta elementos de RPGs, como Pokemon. Para vencer, eles devem responder a conjuntos de perguntas de matemática que correspondem ao seu nível de habilidade e constroem confiança na matemática.

5. Participar de um grupo de pais

Se você não tiver certeza de como se envolver na educação de seu filho ou quiser fazer uma diferença maior, considere ingressar em um grupo de pais.

Seja um grupo de base com amigos ou um promovido pela própria escola e professores, grupos como esse dão voz aos pais nas escolas de seus filhos o que pode ajudar a afetar mudanças positivas.

6. Monitore os trabalhos escolares do seu filho

A mochila do seu filho – especialmente se for mais jovem – provavelmente está cheia de papéis e projetos. É útil perguntar ao seu filho sobre eles, pois pode haver datas de vencimento ou trabalhos de casa com os quais eles estão lutando. O monitoramento regular dos trabalhos escolares de seu filho abre oportunidades para você parabenizar, ajudar e incentivar seu filho.

7. Continue se comunicando

A comunicação é crucial para o envolvimento dos pais na educação. Seja lápis e papel ou e-mail, isso assume várias formas. Por exemplo, receber e ler comunicações da escola, além de enviar notas ao professor de seu filho sobre o que está acontecendo na vida deles.

Manter linhas de comunicação abertas entre famílias e professores ajudará a fortalecer os relacionamentos e a capacidade de entender o humor ou o comportamento das crianças na escola.

8. Priorize conferências de pais e professores

Do trabalho à paternidade e tudo mais, entendemos como a vida pode ser movimentada. Mas, se você puder ajudá-lo, tente reservar um tempo para as reuniões de pais e professores, porque elas são uma das melhores oportunidades para fazer perguntas e levantar preocupações.

Tire o máximo proveito deles, anotando coisas importantes que o professor compartilha. Isso ajudará a informar e melhorar como você continua envolvido na educação de seu filho.

9. Voluntário na escola do seu filho

Dependendo da sua programação, pode ser difícil encontrar tempo para ser voluntário na escola de seu filho. No entanto, se surgir uma oportunidade onde você puder, aproveite-a! Informe ao professor de seu filho quando você estiver livre, por quanto tempo, e fique animado. Esteja você ajudando o acompanhante a uma viagem de campo, monitorando o refeitório ou qualquer outra coisa, seu filho notará – e apreciará – seu envolvimento.

10. Leia com seus filhos

Pesquisas provaram que, no início da vida, ler para seu filho todos os dias tem um impacto causal positivo direto nas habilidades de leitura e cognição mais tarde.

Você pode se revezar na leitura antes de dormir, no carro, na biblioteca – sempre que funciona melhor para sua família.

Lembre-se destas 10 dicas úteis para mais tarde. 

Pensamento final: o envolvimento dos pais na educação é fundamental

Enquanto os professores desempenham um papel enorme no desenvolvimento social e acadêmico das crianças, os estudos têm mostrado de maneira esmagadora o quão poderoso é o envolvimento dos pais na educação – na escola, mas principalmente em casa.

Os pais querem o melhor para os filhos. E, ao se envolver mais na educação deles, você pode impactar diretamente o sucesso de seus filhos na escola e além.

Devemos ser cientes de que, nascemos para sermos pai, mãe, filhos(as), irmãos(ãs), tios(as) e avós(ôs) o resto é apenas um bico.

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *